Um espaço sem complexos para reflectir sobre as misérias e alegrias de quem vive no subúrbio de grandes cidades, como é Lisboa.
Segunda-feira, 3 de Outubro de 2005
Eclipse
Pelo menos na Suburbia, hoje o dia foi diferente, pois foi dia de Eclipse Anular! Eram cerca das 9:40 da manhã, quando sobre a cidade pairava um crepúsculo bizarro mas belo. O dia límpido de hoje realçou ainda mais este efeito, deixando muita gente de cabeça no ar.

O bom Tuga aproveitou mais esta benção (afinal era 2ª feira de manhã!) para ficar mais um bocado na boa vida a olhar o Sol como se fosse a última coisa que fosse fazer na vida.
Só nos simulacros de incêndios e no futebol se via mais gente na rua sem fazer nada! Porém, o evento teve o dom de voltar a mostrar a alma generosa do Tuga: todos os Tugas mais esclarecidos (ou endinheirados, sei lá) lá traziam os seus oculos com filtro solar generosamente oferecidos pelo Expresso numa das 300 bugigangas que cabem dentro de um saco plástico... E num acto de generosidade desprendida ou de desprendida sobranceria, emprestavam os seus oculos aos colegas, amigos, transeuntes, desconhecidos, para que todos pudessem viver com emoção o momento que só se repetirá daqui a alguns anos, e que apesar de razoavelmente banal, traz sempre uma mística associada, induz pavor no não-suburbanos e desdém nos restantes.

A imagem com que se fica num evento destes é semelhante às cenas de filmes em que os ETs saem da sua nave espacial, e os terraqueos olham aterrorizados mas ao mesmo tempo embevecidos para o que lá vem. E nestes casos a igualdade na curiosidade é total: tanto olham homens como mulheres, velhos e novos, branco, negros, asiaticos e assim assim.
Mas até nos eventos mais universais, mais cósmicos, como foi o caso, o Tuga mostra a sua habilidade mais nata: o desenrascanço!

No meio dos oculos de sol, telescopios com filtros XPTO, lá estavam 2 soldadores, com as suas mascaras de soldar a tapar a cara e olhar o Sol ser engolido pela Lua! Qual radiografia, CD e outros quejandos!! Nahh, apenas o instrumento de trabalho que tantas vezes eles não usam quando aquelas fagulhas de ferro incandescente lhes queimam os olhos... Mas naquela hora, fez furor pelos presentes e tiveram direito aos seus 30 segundos de fama na televisão, demonstrando que eles também sabem ver o eclipse!


publicado por VitorM às 22:19
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Abril 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


posts recentes

Mudei de casa

Neve na cidade...

Despede-se um génio...

Curiosidades do Meu País

Preguiças

Chuva? Não, é tempestade ...

Raisparta o sapo...

Amanhã é feriado?

Eclipse

Domingo no Parque

Inauguração do Vista do S...

arquivos

Abril 2008

Janeiro 2006

Novembro 2005

Outubro 2005

tags

todas as tags

links
Quantos já me visitaram?
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds